Como se manter bem morando sozinho

Tempo de leitura: 3 minutos

A perspectiva de morar sozinho é bastante animadora para muitos, mas também costuma trazer uma série de dúvidas. Não importa se você saiu da casa dos pais para estudar em outra cidade ou se simplesmente quer maior independência, a verdade é que a insegurança aparece mesmo. Seja qual for o motivo da mudança, reunimos a seguir algumas sugestões simples de como se manter bem morando sozinho.

Planeje-se bem

Uma decisão tão importante para a sua vida requer um planejamento detalhado. Essa etapa evita muita dor de cabeça, pois reduz significativamente a chance de falhas na nova fase. É claro que imprevistos acontecem e fazem parte do processo, porém uma boa organização deixa tudo mais fácil.

Agora depende de cada um decidir como prefere se programar. Há quem goste de anotar em um caderno específico para visualizar compromissos e tarefas, enquanto outros acham melhor elaborar planilhas no computador. O resultado é o mesmo, então veja qual método você prefere utilizar no seu caso. Acredite: planejar-se pode ser divertido, já que a pessoa sente-se mais perto de alcançar os objetivos estabelecidos.

Recomendados pra você  Como não sofrer na praia após a depilação

Aqui, fique livre para gerir os projetos e adaptá-los conforme achar necessário.

Tenha uma estimativa de gastos

Depois de saber de que modo fará os seus registros, o próximo estágio é pesquisar o preço das coisas. É normal imaginar uma casa linda e cheia de itens legais; no entanto, é só realizar uns cálculos iniciais para perceber que não é barato montar um apartamento por completo. Leve em consideração a sua urgência e priorize as aquisições. Se você precisa se mudar logo, deixe as minúcias para mais adiante. Por exemplo, é possível viver sem um sofá novo ou uma estante; já sem uma cama ou geladeira é mais complicado.

Economize desde já

Não, não dá para pular esse ponto se você quer se manter bem morando só. É fundamental ter uma reserva de grana para viver por conta própria, porque as contas são sua responsabilidade. Infelizmente, no Brasil nós não aprendemos nas escolas como poupar dinheiro e também não são todas as famílias que falam sobre isso. Sendo assim, caso você não tenha o hábito de controlar os gastos, é hora de começar.

Recomendados pra você  Bronzeamento Artificial Caseiro com Cenoura

Não pense nessa reserva como um cofre a ser quebrado quando desejar. O dinheiro separado serve para pagar condomínio ou aluguel, reparos de urgência ou qualquer outro gasto inesperado.

Verifique os gastos mensais

Por fim, tenha noção das despesas mensais, como aluguel, condomínio, água e luz, entre outras. Ainda que não sejam valores exatos, ter uma média auxilia no controle de gastos. Em adição, aproveite para ver se não consegue reduzir o plano de telefone e da TV a cabo. Com frequência pagamos caro por serviços que não utilizamos plenamente, o que é péssimo se queremos guardar algum dinheiro. É provável que o cuidar do seu espaço se torne a meta principal, então economizar um pouco não parecerá um sacrifício tão grande.

Se você está morando sozinho, deixe um comentário com as suas dicas e confira os nossos outros posts sobre o assunto.

Comentários

comentários